O 32° Sonho de Natal de Canela apresentou o inédito espetáculo A Fábrica de Sonhos. Com show sincronizado de luzes e som na Catedral de Pedra, o espetáculo é uma espécie de pocket da consagrada Chegada do Papai Noel. O Bom Velhinho e seus ajudantes realizam duas descidas diárias do alto da torre da Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes. O espetáculo caiu nas graças do público e foi o que teve o maior número de exibições ao longo do evento. Até 12 de janeiro serão 168 apresentações.

O Papai Noel é o personagem principal de A Fábrica de Sonhos. Para o montanhista canelense Daniel Jaggi, 38 anos, que interpreta o Bom Velhinho radical, o carinho e a interação com o público compensam todo o esforço físico. Jaggi e seus ajudantes sobem duas vezes ao dia uma escadaria feita de ferro pelo interior da Catedral para chegar até o ponto de onde descem fazendo rapel. “O processo é um tanto quanto cansativo, mas o calor humano é revigorante. Sempre ganhamos abraços e posamos para fotos. Quando aparecemos, sempre é uma grande recepção das pessoas. Isso não tem preço. É a confirmação de que realizamos um bom trabalho”, conclui Jaggi.

MISTO DE SENTIMENTOS

Em seu ano de estreia, o espetáculo é realizado diariamente às 20h, 21h30 e 22h30. Nos dois primeiros horários, ocorre a descida do Papai Noel. No último, o destaque fica por conta da sincronia de luzes e som. Idealizador de A Fábrica de Sonhos, o diretor artístico do Sonho de Natal, Elias da Rosa, explica a concepção da atração instalada no jardim da Catedral. “A proposta trabalha em conjunto com a decoração da cidade. Tudo que é produzido na fábrica de brinquedos do Sonho de Natal vai para uma prateleira que tem ao seu lado. Posteriormente, vai para a entrega nas caixas de presentes que formam um grande pinheiro de Natal. Pela cidade, vemos as caixas levando ao destino final os presentes que podem ser encontrados na praça João Corrêa, onde podemos interagir com trens, aviõezinhos e  brinquedos”, resume.

Conforme o diretor artístico, o espetáculo gera uma mistura de sentimentos nas pessoas. “A Fábrica de Sonhos produz muito além de brinquedos, mas também felicidade, alegria e encantamento”, destaca. “A realização do espetáculo de som e luz prova que a combinação entre turismo e cultura é um fato propulsor para o desenvolvimento. Atrai muitos turistas, patrocinadores em busca de visibilidade para suas marcas e produtos, além de gerar trabalho e renda para os artistas e técnicos da área cultural”, finaliza Rosa.

 

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira (10)

– A Fábrica de Sonhos

20h, 21h30 e 22h30 – Catedral de Pedra

Sábado (11)

– A Fábrica de Sonhos

20h, 21h30 e 22h30 – Catedral de Pedra

– Show com Renato Borghetti Quarteto

20h30 – Multipalco da praça João Corrêa

Domingo (12)

– A Fábrica de Sonhos

20h, 21h30 e 22h30 – Catedral de Pedra

Segunda-feira (13)

– Desmontagem das Árvores do Sonho

15h – Avenida Júlio de Castilhos

PRÓXIMA EDIÇÃO

O 32° Sonho de Natal ocorre até 12 de janeiro de 2020 e a próxima edição tem data definida: ocorre de 15 de outubro de 2020 até 16 de janeiro de 2021. O evento é uma promoção da Prefeitura Municipal de Canela, realizada pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, com apresentação da Lei de Incentivo a Cultura e Parque Estadual do Caracol. O patrocínio é do Golden Propriedades de Lazer, Motormac, TCA Internet, Azul Linhas Aéreas, Corsan e Caixa Econômica Federal. São apoiadores a Brocker Turismo, Bondinhos Aéreos, Vinícola Jolimont, CVC, Sicredi e Vestena Hotel Canela. Colaboração: Mundo A Vapor, Caracol Chocolates, Stone Hall, Parque Terra Mágica Florybal, Água Mineral Gravatal, Alpen Park, Granja da Telha, Coca-Cola e Museu de Cera. Apoio Institucional: Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio Grande do Sul, Corpo de Bombeiros, Brigada Militar, Polícia Civil, Câmara Municipal de Vereadores de Canela, REK Parking, Ministério Público do Rio Grande do Sul e Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. Agente cultural: 1ª Casa Produções.