Notícias


Nem a chuva fina foi capaz de tirar o brilho da Chegada do Papai Noel

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Nem a ameaça da chuva foi capaz de afastar o público de mais de 20 mil pessoas, sábado (1), da frente da Catedral de Pedra, em Canela,  para assistir a terceira  e última exibição do espetáculo “Chegada do Papai Noel”. Pouco antes das 21 horas, caía uma chuva fina em Canela e a temperatura era de apenas 13 graus. Mas o mau tempo deu uma trégua e, dez minutos depois do programado, começou um dos espetáculos mais aguardados da programação do Sonho de Natal.

O público encantou-se com as atrações apresentadas ao longo da noite, e demonstrou toda a emoção com o show das bailarinas e o elenco de artistas. Entre uma apresentação e outra, os telões apresentavam depoimentos de canelenses que participam do Sonho de Natal há vários anos, e de seus filhos que estão se integrando ao elenco do evento.

O espetáculo começou em alta voltagem, com a canção Hallelujah, de Leonard Cohen, arrebatando o público pela emoção.  A Athmosphere Orchestra foi perfeita, sob a regência do maestro Fábio Ostrovski, e dos solistas: soprano Raquel Fortes, da mezzo soprano Clarice Diefenthäler e do tenor Maicon Cassânego, que interpretaram um repertório clássico natalino. Destaque também para as doces vozes do coral infantil e pelo show do grupo vocal.

No final, a chuva fina voltou, mas Papai Noel não se intimidou. Com a garra de um menino, o “bom velhinho” apareceu no alto da torre da Catedral de Pedra, e foi muito aplaudido. Sua decida pela tirolesa, acompanhada pelos ajudantes alpinistas, aconteceu sob gritos de euforia e encantamento.

A magia da noite ganhou um toque especial com o show de luzes e efeitos especiais, coroados, ainda, pelos fogos de artifício que encerraram a noite.

O prefeito de Canela, Constantino Orsolin, era um dos mais emocionados com o sucesso do espetáculo. “A terceira chegada, apesar da chuva, foi brilhante. Tudo é muito novo, muito diferente”, afirmou Orsolin. “Se evoluiu muito, mas temos um campo aberto para evoluir”, complementou o prefeito.

 

Sobre a Chegada do Papai Noel

A tradição do espetáculo surgiu depois que uma criança canelense enviou uma carta ao Papai Noel que, sensibilizado, resolveu ir até a cidade serrana. O problema é que havia uma forte cerração, e o Bom Velhinho acabou na torre do templo santo. Desde lá, Papai Noel fixou residência em Canela, na Praça João Corrêa, onde atenderá a todos os visitantes de terça a quinta-feira das 14h às 22h, e de sexta a domingo, das 10h às 22h.

 

Fotos: http://www.cleitonthiele.com/sonhocanela/chegada/.

Crédito: Rafael Cavalli / SerraPRess.

 

Sobre o Sonho de Natal de Canela

O Parque Estadual do Caracol é o apresentador oficial do 31º Sonho de Natal de Canela. O evento conta com o patrocínio da Golden Propriedades de Lazer, Motormac, Área Eventos, Brocker Turismo, Grupo Sabemi e CVC.

O Sonho de Natal tem o apoio da Corsan, Mundo a Vapor, Tri Táxi Aéreo, Bondinhos Aéreos, Vinícola Jolimont, Churrascaria Garfo e Bombacha, Caracol Chocolates e Cervejaria do Farol. O apoio Institucional é do Corpo de Bombeiros, Brigada Militar, Polícia Civil, Rek Parking, Câmara de Vereadores de Canela, Ministério Público do Estado do RS, Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Estado do RS e Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. O Agente Cultural é a 1ª Casa Produções. O 31º Sonho de Natal é uma realização da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Canela e do Ministério da Cultura e promoção da Prefeitura Municipal de Canela. A direção artística e geral do evento é de Elias Rosa.